Anos 40

A LOUÇA ARTÍSTICA DE ALCOBAÇA

A “Olaria de Alcobaça” e a “Raúl da Bernarda”, nas décadas de 40 e 50, desenvolvem um estilo produtivo semelhante em que a cor predominante é o azul, devido ao vidrado. A louça produzida nesta época é exuberante, seja nos tons de azul ou utilizando outras cores, como o amarelo, o verde e o violeta.

As formas são clássicas com inspiração na prata seiscentista, desta nova produção fazem parte os potes de especiarias seiscentistas, os centros de mesa, jarras e pratos. Os motivos das pinturas são florais, de caça, românticos ou inspirados na faiança do século XVII e nos azulejos.

Os nomes que marcaram a louça nesta época são os seguintes: João Pedro, António Elias, José Salvador, Luís Salvador, Armando Saraiva Mendes, António José Saraiva Mendes, José Luís Gonçalves da Silva, José Serafim, Almeida Ribeiro, Luís Cipriano, Marcos e Fernando Lisboa.

Galheteiro, Raul da Bernarda, 1941-48

Galheteiro, Raul da Bernarda, 1941-48

Pormenor de prato, Raul da Bernarda, 1941-49

Pormenor de prato, Raul da Bernarda, 1941-49

Conjunto de jarras da OAL, RB e VISTAL

Conjunto de jarras da OAL, RB e VISTAL




%d bloggers like this: