História

Alcobaça cresceu nos vales do rio Alcoa e do rio Baça. Foi habitada pelos romanos, mas a denominação de Alcobaça ficou dos Árabes, esta ocupação denota uma era de progresso a considerar por algumas terras pertencentes ao concelho que recordam essa ocupação, como os topónimos Alcobaça, Alfeizerão, Aljubarrota e Alpedriz.

Quando reconquistada aos árabes, Alcobaça tinha acesso ao mar, formando um grande lago junto a Cós, que permitia navegar embarcações que transportavam os frutos produzidos para o resto do país. D. Afonso Henriques, reconhecendo o valor cultural e económico da Ordem de Cister, a 8 de Abril de 1153 atribui-lhes privilégios e terras, com a obrigação de as cultivarem.

Os monges, além da sua actividade religiosa e cultural, em 1269 vieram a instituir aulas públicas e nelas ensinaram técnicas agrícolas, além de Humanidades, Teologia e Lógica. Desenvolveram uma acção colonizadora notável, que se manteve até aos dias de hoje como uma das mais produtivas de Portugal, introduziram culturas adequadas a cada terreno.




%d bloggers like this: